Coordenação do Curso de Graduação em Psicologia



Contatos

COORDENAÇÃO

Coordenadora: Profª Drª Paula Land Curi

Vice-Coordenador: Prof. Drª. Clarissa Socal Cervo

E-mail: ggp.ips@id.uff.br

 

SECRETARIA

Horário de Atendimento:
2ª à 6ª feira, das 07 às 19h

E-mail: secretaria.ggp.ips@id.uff.br,
              ggp@vm.uff.br

Telefone: 2629-2298


ENDEREÇO

Campus do Gragoatá, Bloco N, 4º andar, Sala 401 (Atual sala 13) - CEP: 24.210-201 Niterói, Rio de Janeiro/RJ - Brasil

Mapa de Acesso

Pesquisar no Google Maps

Grade Curricular, Ementário e Programas das Disciplinas

 

Decisão 01/2018 (Decisão sobre os pré-requisitos do Fluxograma do Curso de Psicologia)
Novo Fluxograma do Curso (De acordo com a Decisão 01/2018) 
Grade Curricular
Ementário das disciplinas Obrigatórias
Ementário das disciplinas Optativas

 

Estrutura Curricular:

 

CONCEPÇÃO E ESTRUTURA CURRICULAR

O Curso se estrutura a partir de eixos estruturantes, que se articulam ao Núcleo Comum de Formação (NC) e ao Núcleo das Ênfases Curriculares(NE), com unidades curriculares obrigatórias e optativas.

 

NÚCLEO COMUM DE FORMAÇÃO

A identidade do Curso de Psicologia é conferida através de um Núcleo Comum de formação, definido por um conjunto de competências, habilidades e conhecimentos. Esse núcleo estabelece uma base homogênea para a formação e uma capacitação básica para lidar com os conteúdos da Psicologia, enquanto campo de conhecimento e de atuação. Sendo assim, os eixos estruturantes do curso deverão ser decompostos em conteúdos curriculares e agrupados em atividades acadêmicas.

O Núcleo Comum (NC) visa à capacitação básica do aluno para lidar com os conteúdos da Psicologia, enquanto campo de conhecimento e de atuação. Tem como objetivo promover o desenvolvimento de um conjunto de competências, habilidades e conhecimentos, que constituem a base para a formação do psicólogo.

A organização do curso de Psicologia deve, de forma articulada, garantir o desenvolvimento das competências do Núcleo Comum, seguido das competências das partes diversificadas – ênfases – sem concebê-las, entretanto, como momentos estanques do processo de formação.

O Núcleo Comum “nutre” todo o curso, não sendo uma base nem um alicerce inicial. Ele pode ser visto como uma coluna medular ou, mais ainda, como um esqueleto que percorre todo o corpo, dando-lhe vida, sustentação e desenvolvimento.

Do estrito ponto de vista das competências e habilidades, quem passa pelo núcleo comum já é um psicólogo, embora não o seja legalmente, por lhe faltar a totalização da carga horária que só virá pelo aprofundamento dado pela(s) ênfase(s) escolhida(s).

Tematicamente, o Núcleo Comum se desenvolve em torno dos seguintes “eixos estruturantes”: a) fundamentos históricos e epistemológicos; b) fundamentos teórico-metodológicos; c) procedimentos para a prática científica e a prática profissional; d) fenômenos e processos psicológicos; e) interfaces com campos afins do conhecimento; e, f) práticas profissionais.

É o Núcleo Comum, em suma, que traz o principal fundamento da formação do profissional de psicologia, sendo que as ênfases direcionam, aprimoram e aprofundam, segundo a escolha do aluno, parte das competências adquiridas no núcleo comum e lhes acrescenta especificidades teórico-práticas.

 

NÚCLEO DAS ÊNFASES CURRICULARES

Cada curso de psicologia tem uma história própria, um percurso, que se caracteriza pelo desenvolvimento singular de seu corpo docente, suas pesquisas e extensões, suas práticas efetivas de ensino-aprendizagem, seu comprometimento com as demandas da sociedade, posição frente às políticas públicas de saúde, etc. Essa história molda uma equipe de professores única e estabelece em linhas gerais os princípios gerais da formação que se concretizam no cotidiano acadêmico.

No caso específico do curso de Psicologia UFF-Niterói, sua história demonstra uma preocupação constante com a multiplicidade das orientações da psicologia, o desenvolvimento de estratégias de intervenção em instituições públicas as mais diversas, além de um cuidado teórico-prático com a inseparabilidade dos domínios psicológico, social, cultural, laboral e ético-político que caracterizam as demandas relativas à atuação profissional do psicólogo contemporâneo.

As duas ênfases propostas são:

  1. Ênfase 1: Psicologia: processos clínicos e atenção à saúde. Propõe aos discentes do curso concentração de estudos e práticas visando o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e competências que lhes permitam realizar avaliação psicológica de indivíduos e grupos, e o uso de procedimentos psicoterápicos para tratamento numa perspectiva de avaliação crítica dos referenciais teóricos em psicologia, segundo a atuação ética no exercício da prática do psicólogo. Implica que o egresso em Psicologia seja capaz de empreender intervenções psicológicas para enfrentar desafios colocados pelas políticas públicas contemporâneas e por outras organizações, lançando mão de diversas estratégias clínicas. Diante disso, o egresso deverá ser capaz de responder às demandas de problemas psicológicos, que afetam a subjetividade, apresentados por indivíduos, grupos e instituições em diferentes contextos sociais, através da atuação profissional voltada para a prevenção e promoção da saúde e qualidade de vida.
  1. Ênfase 2: Psicologia: processos de gestão, trabalho e práticas institucionais. Visa aprofundar estudos e desenvolver competências relacionadas ao diagnóstico de necessidades, análise crítica das demandas, planejamento e intervenções em diferentes contextos, especialmente naqueles que envolvem organizações do mundo do trabalho, instituições, territórios sociais e culturais. O futuro egresso deverá ser capaz de atuar profissionalmente de modo ético e atento às produções históricas, políticas e sociais que constituem tais organizações, instituições e territórios, particularmente naquilo que afetam a subjetividade.

As ênfases curriculares são compostas por duas disciplinas obrigatórias e uma disciplina optativa da ênfase, além de quatro estágios supervisionados específicos.

 

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS DO NÚCLEO COMUM POR EIXOS ESTRUTURANTES

  1. a) Eixo Estruturante 1: Epistemologia e História da Psicologia; História da Filosofia III; Introdução à Psicologia Clínica; Teoria e Sistemas Psicológicos I; Teoria e Sistemas Psicológicos II; Cognição; Psicologia e História Social; Introdução à Psicologia Social.
  2. b) Eixo Estruturante 2: Cognição; Introdução à Psicologia Clínica; Teoria e Sistemas Psicológicos I; Teoria e Sistemas Psicológicos II; Psicologia Clínica I; Psicologia Clínica II; Psicometria; Psicologia do Desenvolvimento I; Psicologia do Desenvolvimento II; Metodologia de Pesquisa I; Práticas Transdisciplinares Institucionais.
  3. c) Eixo Estruturante 3: Psicologia dos Grupos; Aprendizagem e Memória; Estatística Básica; Psicometria, Metodologia de Pesquisa I; Metodologia de Pesquisa II; Metodologia de Pesquisa III; Técnicas de Avaliação Psicológica I; Psicodiagnóstico e entrevista psicológica; Psicologia do Trabalho I; Psicologia do Trabalho II; Psicopatologia; Teorias e Técnicas Psicoterápicas , Teorias e Técnicas Psicoterápicas I; Ética Profissional; Sociedade Brasileira e África: subjetivações afrodescendentes (em atendimento ao requisito legal referente à Resolução n. 1 de 17 de junho de 2004); Psicologia Social I; Psicologia Social II; Práticas Transdisciplinares Institucionais;  Psicologia e História Social do Trabalho; Psicologia e Processos de Formação I.
  4. d) Eixo Estruturante 4: Aprendizagem e Memória; Percepção; Linguagem; Motivação e Processos afetivos; Psicologia do Desenvolvimento I; Psicologia do Desenvolvimento II; Psicopatologia; Psicologia do Trabalho I; Psicologia Clínica I; Psicologia Clínica II.
  5. e) Eixo Estruturante 5: Genética e Evolução; Neuroanatomia; Neurociências; Sociologia VI; História da Filosofia III; Antropologia IV; Psicologia e História Social; Psicologia Social e Institucional I; Psicologia Social e Institucional II; Psicologia e História Social do Trabalho; Psicologia e Processos de Formação I.
  6. f) Eixo Estruturante 6: Estágios Supervisionados Básicos I e II; Estágios Supervisionados Específicos I, II, III e IV; Psicodiagnóstico e Entrevista Psicológica; Técnica de Avaliação Psicológica I; Psicologia do Trabalho I; Psicologia do Trabalho II, Clínica, Corpo e Discurso Médico.

 

DISCIPLINAS OPTATIVAS POR EIXOS ESTRUTURANTES

  1. a) Eixo Estruturante I (optativas): Epistemologia e História da Psicologia: Tópicos Especiais; Epistemologia e História da Psicologia: Tópicos Especiais I, Tópicos Especiais em Psicologia III, Tópicos Especiais em Cognitivismo I, Tópicos Especiais em Psicologia VII.
  2. b) Eixo Estruturante II (optativas): Teoria e sistemas Psicológicos: Estudos Complementares, Estudos Avançados em Teorias e Sistemas Psicológicos, Estudos em Psicanálise I, Fundamentos Teórico-Metodológicos em Psicologia, Psicologia Clínica: Tópicos Especiais, Psicologia: Tópicos Especiais; Cognição e Coletivos, Psicologia: Tópicos Especiais, Teorias Contemporâneas da Subjetividade I
  3. c) Eixo Estruturante III (optativas): Estudos Avançados em Psicologia Social, Ambiente, Saúde e Trabalho, Comportamento Organizacional, Dinâmica de Grupos e Relações Humanas I, Criminologia e Subjetividade I, Intervenção e Transdisciplinaridade, Trabalho, Corpo e Saúde, Estudos em Psicanálise II, Estudos em Psicologia Hospitalar I, Psicofamacologia.
  4. d) Eixo Estruturante IV (optativas): Espaços Urbanos e Exclusão Social, Capitalismo, saúde e subjetividade, Estudos em Clínica e Cultura, Estudos Avançados em Psicologia do Desenvolvimento I, Estudos Avançados em Psicologia Geral e Experimental I, Percepção: Estudos Avançados, Estudos em Gênero e Trabalho, Psicologia aplicada à saúde, Psicologia do Desenvolvimento: Temas Especiais.
  5. e) Eixo Estruturante V (optativas): Libras I, Estudos de Arte e Percepção, Psicologia e Ambiente, Mobilidade Humana e Psicologia, Necessidades Especiais e Psicologia, Psicologia e Estudos da Deficiência, Subjetividades Nativas.
  6. f) Eixo Estruturante VI (optativas): Aspectos Psicossociais da Dependência Química, Grupos, Coletivos e Instituições I, Estruturas Clínicas; Psicologia Clínica: Estudos Avançados, Estudos em Infância, Adolescência e Trabalho; Psicologia e Processos de Formação II, Estudos em Psicologia Hospitalar II, Psicologia Social: realidade brasileira; Teorias Contemporâneas da Subjetividade.

Copyright 2020 - STI - Todos os direitos reservados